quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Para Onde Ela Foi - Gayle Forman

 Para Onde Ela Foi - Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado.
Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.
 

Páginas: 219
Editora: Novo Conceito
Avaliação:
O Que Achei do Livro:
 Três anos após o acidente que matou a família de Mia Hall, Adam nos conta a passagem de Mia para Nova York onde começa a seguir sua carreira na Juilliard, logo os dois acabam se separando.
 A banda Shooting Star se tornou famosa, Adam vive uma vida de superstar realizando vários shows por dia e respondendo a entrevistas, mantendo sua mente ocupada, mas suas composições em Mia.

 Ao decorrer da estória, a vida de Adam vai se tornando uma desordem e ele inicia um "namoro" com uma atriz famosa para aumentar sua reputação com o público, mas a depressão o atinge e seus pensamentos o levam para o passado com Mia, ele inicia o uso de antidepressivos e cigarros, porém nada o faz esquecer sua amada.
"Ela partiu para Juilliard no dia seguinte ao Dia do Trabalho. Eu a levei até o aeroporto. Ela me beijou ao se despedir e me disse que me amava mais do que a vida em si. Então partiu.
Mia nunca mais voltou".

 A Shooting Star parte para uma turnê, e ao chegar em Nova York com sua banda, Adam descobre que Mia esta em um concerto na mesma cidade, entretanto seu rumo o leva até seu grande amor e o reencontro deles é de tirar o fôlego. Eles tentam achar as respostas do que aconteceu a três anos atrás e farão uma escolha que poderá unir suas vidas ou separar uma linda história de amor. 


 O primeiro livro (Se eu Ficar)  me encantou, mas infelizmente Para Onde Ela Foi não conseguiu superar minhas expectativas. 
 A Continuação é fiel ao primeiro livro, contando muitas coisas do passado, até mesmo a estória de Mia quando criança. Isso foi um ponto que achei muito positivo na estória, mas ao decorrer do livro quando o casal se separa, vimos tudo ao ponto de vista do protagonista e narrador Adam o que tornou algumas coisas muito tediosas (ZzZzZzZz) com todo seu drama e sofrimento.

 O fato da estória se passar aos olhos do Adam não ficou tão interessante o quanto eu imaginava. O protagonista tem fases infantis que acaba cansando, enquanto Mia amadureceu e se tornou uma menina de sucesso merecido. Em muitas partes eu me vi sofrendo com o protagonista pelo amor perdido e pelo rumo tomado da vida do casal, trazendo muito realismo na estória.

 A escrita da Gayle é ótima, clara e direta, e a editora caprichou mais uma vez na diagramação do livro que ficou linda. A leitura é rápida e os capítulos são curtos o que facilita bastante. O final foi totalmente sem sal, como se estivesse faltando alguma coisa, mas devo afirmar que me surpreendi com o rumo dos dois. Só tenho a dizer que o livro não é péssimo e nem muito bom, mas para quem leu Se Eu Ficar vale a pena ler o segundo.

 Agradeço a editora parceira Novo Conceito por ter me mandado esse livro para resenha.
Recomendo!

Trechos do livro:

"Por meio de um destino tortuoso, Mia é parte da nossa história, e estamos entre os cacos de seu legado".

"Nós éramos os dois obcecados por música, cada um a sua maneira. Se não entendíamos completamente a obsessão um do outro, não importava, porque entendíamos a nossa própria".


"Mia... você não entende? A música é o vazio. E você é o motivo"

2 Assuntos:

Gabriela Silva disse...

Poxa, uma pena que tu não gostou tanto desse livro, na minha opinião ele consegue ser ainda melhor que o primeiro. Mas eu entendo e respeito o seu ponto de vista. Mesmo assim, adorei sua resenha! <3
Mil Beijos!
http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

w65ux0038v disse...

The physique assembly is completed by the automotive design company LOCAL MOTORS. The automobile uses SABIC’s LNP and STAT-KON carbon fiber-reinforced composite materials. These composite materials possess excellent strength–mass ratio and excessive rigidity, which might electric teapot reduce distortion throughout 3D printing, enhance design aesthetics, and enhance driving performance. INTAMSYS 3D printers are designed to work with selection of|quite so much of|a big selection of} materials. Customers can select from a wide range|a variety} of polymers from INTAMSYS and/or from 3rd-Party producers.

Postar um comentário